Como empregar as letras H, CH, X e XC em português

A língua portuguesa é rica em detalhes e disso, todos sabem. O uso das letras H, CH, X e XC, são bons exemplos. Veja a relação de palavras onde elas são empregadas com mais frequência em nosso idioma.

» Página Inicial

Escrever bem é algo essencial nas mais diversas situações do cotidiano. Seja concorrendo para uma vaga de emprego, prestando um concurso, redigindo um documento ou apenas na hora de fazer um texto informal, a boa escrita gera destaque e prestígio por parte de todos. Nossa língua portuguesa já passou por muitas alterações ao longo de sua história. Por isso, quem quer escrever de maneira correta deve ficar atento principalmente às mudanças do novo acordo ortográfico.

É claro que algumas palavras, expressões e usos do alfabeto são mais populares e conhecidos. Porém, há alguns casos que geram dúvidas na hora de escrever. É isso que, na maioria das vezes, ocorre com o emprego das letras H, CH, X e XC. Apesar disso, não há motivos para se desesperar. Todas essas letras contém normas de utilização muito bem traçadas, e que podem guiar seu texto.

letras h ch x e xc em portugues

Você provavelmente já se deparou com palavras que se iniciam com H, e provavelmente já ficou em dúvida se deveria colocar aquela letra ali mesmo. É um processo normal, pelo qual a maioria de nós passa. Para saber se você deve empregar o H antes do restante das letras, não existe segredo. Temos que decorá-las. Isso ocorre, pois a utilização ou não dessa grafia depende de questões da origem de cada uma das palavras. É por essas questões, chamadas de etimológicas, que escrevemos “horizonte” ou “hoje”, por exemplo.

Há algumas outras circunstâncias em que o H sempre aparece: na formação dos chamados dígrafos, como “ch” ou “lh”, como é o caso de “cachorro” ou “milho”; em palavras compostas por hífen, também por questões de origem das mesmas, como em “pré-histórico” ou em alguns prefixos, como “hipotermia”.

Tome cuidado, pois não devemos utilizar o H em palavras derivadas de compostas, mas que não pedem hífen, como é o caso de “desonesto”. Honesto se escreve com H, mas quando unido ao prefixo “des”, essa letra se perde. A mesma coisa ocorre com “reaver” ou “desumano”.

X ou CH?

O dígrafo CH é como um caso exclusivo do uso do H. Seu emprego gera muitas dúvidas, pois existem palavras com CH, e outras com X, que parecem soar de maneira idêntica. É comum nos perguntarmos “é com X ou CH?”. Porém, existe uma forma correta de uso, para não gerar mais dúvidas em quem escreve.

Primeiramente, você deve aprender todos os casos em que usamos o X: após um ditongo, nome dado ao encontro de duas vogais em uma sílaba, como ocorre em “caixa” ou “ameixa”; após a sílaba inicial “en”, como em “enxaqueca”; após a sílaba inicial “me”, como em “mexerica” e em algumas palavras originadas de línguas indígenas, como “abacaxi”. Agora ficou fácil saber quando utilizamos o CH, pois todas as palavras que não se encaixam nessas regras pedem seu uso.

Infelizmente, existem as exceções. Mas a boa notícia é que não são muitas, e podem ser decoradas para evitar a dúvida. A palavra “encher”, assim como seus devirados “enchente” ou “encharcar”, seriam grafados com X pela norma padrão. Porém, esses termos evoluíram de tal maneira que isso não ocorre. Na palavra “mecha”, como utilizamos em “mechas de cabelo”, temos a mesma situação. Pela norma, ela seria grafada com X, mas isso não é correto.

Quando usar o XC

A sequência XC, apesar de menos popular, ainda é muito importante para quem procura ter uma boa escrita. Esse dígrafo tem o mesmo som da sequência “ss”, e pode ser facilmente confundido. Ele pode ocorrer de duas formas: ou antes de vogais, ou antes de consoantes. No primeiro caso, temos como exemplos as palavras “exceção” ou “excelente”. Já no segundo, podemos lembrar dos termos “exclusão” ou “exclamação”.

O problema, muitas vezes, está na falta de normas para seu emprego. Não existem regras que definem quando escrevemos com XC. O importante para esse caso e para todos os demais é seguir uma dica valiosa. Leia, escreva, tire suas dúvidas e treine o uso de palavras, sempre com o auxílio de um dicionário ou gramática. Isso nunca é demais para quem quer ter sucesso, e será responsável por todo o aperfeiçoamento de sua escrita. Nesse caso, quanto mais você escrever, melhor.


 
Veja também: