Energias renováveis e não renováveis no Brasil e no mundo

O que é energia renovável e não renovável? Qual a relação entre energia renovável e energia limpa ou verde? Quais as vantagens e desvantagens desses modelos energéticos?

» Página Inicial

Algumas formas de energia que existem no Brasil, como a hidrelétrica encontram picos de fartura, mas também de escassez isso porque depende de recursos que estão se esgotando em nosso planeta, a água.

Abaixo você pode acompanhar os tipos de energias que são utilizadas no Brasil e no mundo.

O que é energia renovável?

Energia renovável, como o próprio nome já diz, é um tipo de fonte energética que se renova ou se mantem constante naturalmente. Neste caso está por exemplo a energia solar, a hidrelétrica e a eólica, por exemplo. Todas são geradas a partir de recursos naturais como o calor do sol, a força das águas dos rios e a força dos ventos. Todos esses recursos são naturais e se mantem constantes, portanto, dia após dia eles estão lá naturalmente.

A energia renovável é a energia que é conseguida através de recursos renováveis estes provêm de fontes que são naturalmente reabastecidos medidos em uma escala de tempo humano, como por exemplo, em anos.

Fontes de energia renovável: Luz solar, vento, chuva, ondas e marés. A energia renovável fornece energia nas principais áreas como a de produção de eletricidade, biocombustível, biomassa, aquecimento de água, arrefecimento e transportes.

Energia renovável

Qual a relação entre energia renovável e energia limpa ou verde?

O termo energia limpa quer dizer que a fonte energética não é poluente, como os exemplos acima citados. O termo verde tem o mesmo sentido, já que se não polui e não agride a natureza, ela é ecologicamente correta. Neste sentido, as energias renováveis são em sua maioria também limpas ou verdes, por não serem poluentes e não agredir a natureza.

Energia Renovável no Brasil

Conheça as energias renováveis mais utilizadas no Brasil.

Energia não renovável

Bomba de petróleo

A energia não renovável é aquela que não se forma ou não se reabastece em um curto período de tempo. Provém de fontes que um dia acabarão e que demorarão muitos séculos para se obter novamente.

As principais fontes de energia não renovável são: Petróleo em sua fase bruta, o gás natural, carvão, uranium (que é uma energia nuclear).

É o oposto, ou seja, são aquelas fontes energéticas que não se renovam e portanto são finitas. Um bom exemplo é a queima de carvão mineral, uma das fontes mais usadas no mundo para a geração de energia, ou mesmo a queima de outros combustíveis, como a gasolina, óleo diesel, entre outros. Esses recursos são finitos na natureza e ainda são altamente poluentes.

Energia não renovável no Brasil

São formas de energias que já tem um maquinário e uma tecnologia pronta para a sua produção e são mais utilizadas em países em desenvolvimento. A desvantagem é que são recursos que demoram séculos para se renovarem.

Conheça as formas de energia não renováveis mais usadas no Brasil.

O Brasil é um dos locais com maiores reservas de xisto betuminoso em todo o planeta Terra, mas a sua extração causa muitos impactos ambientais.

Quais as vantagens e desvantagens de energias renováveis?

As energias renováveis têm muitas vantagens e poucas desvantagens. O fato de elas não poluir já uma enorme vantagem. Temos ainda de levar em conta que são renováveis, não agredir a natureza e em muitos casos também mais baratas, como é o exemplo da energia hidrelétrica.

As desvantagens são poucas. A energia solar por exemplo tem como desvantagem o fato de só poder ser usada durante o dia, a eólica só funciona em locais onde há bastante vento e constantes e a hidrelétrica sofre com as oscilações de períodos de chuva, pois quando há pouca chuva, os reservatórios diminuem e em alguns casos a geração de energia também.

Quais as vantagens e desvantagens de energias não renováveis?

A principal vantagem das energias não renováveis é o fato de elas poderem ser geradas em qualquer lugar, logo, uma ilha ou uma região remota onde não há rios, pouco sol ou falta de ventos necessitará de uma fonte energética que possa ser controlada, como a queima de carvão, por exemplo.

Já as desvantagens são muitas e a principal delas é o fato de serem altamente poluentes, em sua maioria. Também existe o fato de serem finitas e portanto o uso deve ser controlado. Para finalizar existe ainda o fator custo já que ele normalmente é mais alto pois os recursos podem estar longe do local de uso e existe a necessidade da extração, transporte, refinamento em alguns casos, distribuição e outros processos.


 
Veja também: