Mercosul: Países membros, locomoção entre países e integração

Perguntas e respostas sobre O que é Mercosul? Quais os seus membros? Como funciona a locomoção entre países do Mercosul? Qual o nível de integração econômica entre os países?

» Página Inicial

O Mercado Comum do Sul, ou Mercosul, é um órgão intergovernamental fundado em 26 de março de 1981 pelo tratado de Asunción. O Mercosul determina um livre comércio entre os seus membros, incentivando o comércio entre eles e fortalecendo a indústria e economia local.

O bloco inicialmente formado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai enfrenta diversos desafios como a desastrosa inclusão da Venezuela e o fato de não incluir outros países importantes da América do Sul, como o Chile e a Colômbia, por exemplo.

Quais os seus membros?

Mercosul

Na sua primeira formação, o bloco era composto por Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. 21 anos depois, em 2012, a Venezuela se integra ao bloco. A Bolívia vem desde esse mesmo ano aguardando resposta de sua solicitação de participação do bloco. Existem ainda os estados associados, que não participam diretamente do bloco. São eles: Chile (1996), Peru (2003), Colômbia e Equador (2004), Guiana e Suriname (2013).

Existe a possibilidade da inclusão da Nova Zelândia e do México, que estão com status de países observados ou que podem no futuro vir a fazer parte do bloco econômico.

Informações dos países membros:

Brasil

Argentina

Paraguai

Uruguai

Fontes:

Qual a importância de cada país?

O Brasil tem a maior economia e é o maior consumidor também, desta forma ele desempenha não só um papel importante, como tem uma posição de liderança no bloco.

A Argentina, com todos os problemas que o país enfrenta é também um membro bastante estratégico e também exerce um importante papel dentro do bloco.

Uruguai e Paraguai, são países menores e talvez mais beneficiados com o bloco, pois recebem de certa forma a proteção dos maiores e gozam de terem livre acesso aos demais mercados dos países membros.

A Venezuela é o mais emblemático de todos, pois apesar de ser muito estratégico, principalmente pelo fato de ser grande produtor de petróleo, é muito instável politicamente. Atualmente passa por uma grave crise econômica e política que tem obrigado a muitos de seus cidadãos a procurar asilo em outros países como a Colômbia, Peru e também no Brasil.

O futuro do Mercosul deve seguir um padrão de rodadas de negociações e possivelmente a inclusão de novos membros, mas com poucas chances de grandes progressos, dada a limitação econômica dos países envolvido e as muitas diferenças políticas de cada um.

Qual o motivo de sua criação?

Com o objetivo de estabelecer uma integração financeira e social entre os países, o Mercosul visa a formação de um mercado comum para os integrantes. O mercado comum estabelece as seguintes ordens: fixação de uma tarifa externa comum (TEC) para ter uma política comercial conjunta em relação a países ou blocos de fora; livre circulação de bens e serviços entre países do bloco; comprometimento dos estados a harmonizar e homogeneizar as políticas públicas, afim de fortalecer e facilitar a união; coordenação de políticas macroeconômicas e setoriais.

O Mercado Comum do Sul ou Mercosul foi criado em 26 de março de 1991, quando os presidentes do Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai assinaram o Tratado de Assunção.

O bloco foi criado por quatro países apenas, sendo eles o Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Depois ocorreram mudanças e outros países foram admitidos.

A Venezuela foi adicionada como membro em 31 de julho de 2012 e este é oficialmente o único país que é considerado membro do bloco econômico.

Como funciona a locomoção entre países do Mercosul?

Segundo a CMC Nº. 18/08, é possível transitar na maioria dos países que formam o bloco apenas com a carteira de identidade, são eles: Argentina, Paraguai, Brasil, Chile, Venezuela, Bolívia, Colômbia, peru e Equador.

Eu estive na Argentina e no Paraguai. No primeiro país bastou apresentar o RG, apesar de eles fazerem uma boa inspeção tanto na entrada do país como na saída também. Já no Paraguai entrei e sai diversas vezes e não pediram documentação alguma.

Qual o nível de integração econômica entre os países?

A integração entre os países do Mercosul é denominada aduaneira, já que existe um livre comércio regulado pela TEC e a política externa dos países é bem próxima. Esse tipo de integração é interessante para regiões que tem como objetivo crescer a economia local juntamente aos países de seu continente.

Quais os dados principais do Mercosul?

O território total ocupado pelos países do Mercosul é de 12.789.558 km² com uma população total de 275 milhões de habitantes. O PIB composto por todos os países chega a US$ 3,2 trilhões, ocupando o quinto lugar no mundo, caso fosse considerado um país. O comércio gera US$ 54,9 bilhões de reais, a maioria por produtos industrializados. Na agricultura lidera o mercado do açúcar e da soja, mas na carne bovina, vinho e arroz também está muito a frente. O território do Mercosul representa 20% da reserva de petróleo mundial, que representa como a maior do mundo neste quesito, 3% de gás natural e 16% de gás de xisto.


 
Veja também: