Tipos de enzimas: Hidrolases, ligases, oxidoredutases e outros

Perguntas e respostas sobre tipos de enzimas. Qual a função das hidrolases? O que aconteceria se nosso corpo não tivesse enzimas? Veja as respostas.

» Página Inicial

O que são enzimas?

As enzimas são substâncias produzidas pelo corpo que aceleram processos biológicos que são considerados lentos. Ao mesmo que as enzimas catalisam os processos do corpo, a energia utilizada pelo organismo para fazê-lo é reduzida.

A enzimas são classificadas de acordo com as substâncias com as quais se associam e o processo que realizam. São elas: hidrolases, ligases, oxidorredutases, transferases, liases, isomerases.

Tipos de enzimas

Qual a função das hidrolases?

As hidrolases são enzimas que se unem a moléculas de água, promovendo a quebra de moléculas. Um exemplo dessas enzimas são as peptidases, essenciais nos processos digestivos no estômago e intestinos.

O que são ligases?

As ligases são enzimas responsáveis por formas novas moléculas ou transformar produtos a partir da união de duas moléculas pré-existentes. O processo acontece durante a formação do bebê, para produzir seu código genético.

Para que servem as oxidorredutases?

Essas enzimas têm a função de realizar a transferência de elétrons, produzindo um efeito de oxidação e redução. Um exemplo desse tipo de enzimas é a lactato desidrogenase (DHL), que se torna elevada no corpo humano em casos de infarto, lesões hepáticas e anemias.

Como funcionam as transferases?

Transferases são enzimas que transportam grupos funcionais de uma molécula a outra. Essas reações podem sintetizar ou degradar aminoácidos. Grandes quantidades dessas enzimas no corpo podem causar muitas doenças no fígado, principalmente, já que elas podem ser ligadas à liberação de toxinas.

O que são liases?

As liases são enzimas que removem moléculas de água, gás carbônico e amônia por ruptura de ligações. Os processos deste tipo estão ligados ao aparecimento do diabetes e da ansiedade.

Como funcionam as isomerases?

Essas enzimas têm a função de converter substâncias isoméricas, que são produtos que têm os mesmos compostos, mas estruturas diferentes.

O que aconteceria se nosso corpo não tivesse enzimas?

Se o corpo humano tivesse que trabalhar sem as enzimas, todos os processos internos aconteceriam muito lentamente, o que prejudicaria muito o funcionamento do sistema. As reações químicas que acontecem dentro das células seriam de baixa velocidade, reduzindo sua eficiência e apresentando baixo desempenho.

Por Redaweb e redação


 
Veja também: