Verbos que indicam ação, estado e verbo auxiliar

Veja aqui a relação de verbos que indicam ação, estado e verbo auxiliar. Exemplos de aplicação e uso de cada um deles, bem como a definição e diferença que existem entre eles.

» Página Inicial » Português


Os verbos são palavras que exprimem ação, estado, mudança de estado e fenômenos da natureza. De acordo com o critério semântico, a classificação dos verbos admite quatro tipos. São eles: verbos de ação, de processo, de estado e ação-processo.

Aqui veremos verbos que indicam ação, estado e verbo auxiliar.

verbos de ação

Verbos de ação

Um verbo é um verbo de ação quando é caracterizado por uma atividade expressa por um sujeito agente, ou seja, ele indica um “fazer” por parte do sujeito, ele age, realiza ações.

Como o próprio nome já diz, o verbo de ação indica “ação”. Possuem significação própria e revelam algo realizado pelo sujeito, como por exemplo um acontecimento, desejo, ação, atividade mental, entre várias outas.

Os verbos de estão presentes no predicado verbo-nominal e no predicado verbal, e tem no mínimo um argumento, ou seja, algo que irá completar o seu significado, e quando há dois ou três argumentos, os outros verbos que seguem serão complementos e não serão “afetados” pela ação verbal, como por exemplo:

  • O gato subiu na mesa.
  • O homem foi de moto para o trabalho.
  • Estou comendo bolo.
  • Mudei de trabalho.

Exemplos de verbos de ação:

  • Desejar
  • Cair
  • Jogar
  • Pedir
  • Pensar
  • Esticar
  • Derreter
  • Adaptar

Verbo de Estado

Um verbo de estado expressa uma propriedade de uma situação ou condição que está localizada no sujeito. Ele apresenta situações dinâmicas, e os envolvidos no processo verbal não sofrem nenhuma alteração, e por isso, o argumento desse verbo é inativo.

Neste caso, o sujeito funciona como um “suporte” de propriedades, como estado ou condição, sendo portanto um experimentador ou beneficiário da ação verbal.

O argumento que representa o sujeito não é o agente, nem paciente e nem causativo, e é por isso que esses verbos de estado são chamados também de estativos.

Você pode reconhecer um verbo de estado pelo seu aspecto verbal, seu sentido. O seu aspecto é durativo e pode indicar um aspecto existencial, como de vivência, existência, um aspecto locativo, de conhecimento, de lugar, percepção, experimentação anunciada ou subjetividade. O verbo de estado indica uma qualidade, uma situação, um estado. Alguns exemplos:

  • Diego mora em Barcelona (estado)
  • Mariana fala inglês (estado)
  • O presidente chegou por aqui às 8 horas da manhã (ação)
  • Os resultados das pesquisam apontam para mais uma vitória (estado).

Exemplos de verbo de ação

  • Fazer
  • Mandar
  • Construir
  • Comprar
  • Estudar

Verbo Auxiliar

O verbo auxiliar é o verbo usado em locuções verbais, voz passiva e tempos compostos junto com as formas nominais dos verbos – particípio, gerúndio e infinitivo que atuam como o verbo principal.

Os verbos auxiliares são aqueles que servem para auxiliar a conjugação de outros verbos, como por exemplo:

  • Eu tenho estudado para a prova (verbo auxiliar ter)
  • Hei de conseguir terminar aquele exercício (verbo auxiliar haver)
  • A atriz foi convidada para a festa (ver auxiliar ser)

Exemplos de verbos auxiliar

  • Ser
  • Ter
  • Ficar
  • Estar
  • Haver


 

Veja também



© 2018   |   Matérias Escolares: Conteúdos para ensino fundamental e médio   |   Política de Privacidade