Tipos de comunicação: Verbal e oral, escrita e assertiva

Perguntas e respostas sobre tipos de comunicação, como verbal, não verbal, oral, escrita e assertiva. Veja abaixo as definições de cada uma delas, com vários exemplos práticos e usados em nosso cotidiano como forma de comunicação.

» Página Inicial

Nossa vida seria impossível sem que nos comunicássemos com outras pessoas e porque não dizer com os animais e principalmente com Deus. Com pessoas falamos, gesticulamos, escrevemos e outras formas. Com muitos tipos de animais, fazemos praticamente a mesma coisa, exceto a escrita.

Com Deus nos comunicamos com palavras, com atitudes e sobretudo com as ações de nosso coração. Mesmo aqueles que não acreditam em Deus acabam se comunicando, ou seja, com sua indiferença, desprezo, rebeldia e outros.

Comunicação é a capacidade de partilhar, participar ou tornar comum. Através da comunicação os animais e os seres humanos partilham diferentes informações entre si. Existem vários tipos de comunicação, as principais são: verbal, não verbal, oral, escrita e assertiva.

Veja abaixo as definições de cada uma delas.

tipos de comunicação

Verbal

A comunicação verbal é a forma mais utilizada de se comunicar e relacionar, isso porque ela tem uma grande capacidade de transmitir ideias e expressar pensamentos, seja qual for o nível de complexidade. A comunicação verbal abrange a escrita e a oralidade. Assim, ela está inserida no nosso dia a dia, em diversas situações de convívio social e corporativo. Para que seja eficaz, a comunicação verbal deve ocorrer na forma passiva e ativa. A primeira é quando recebemos a mensagem - seja ouvindo alguma fala ou lendo uma mensagem -, enquanto a segunda forma nós somos o emissor da mensagem, ou seja, nos comunicamos por meio da fala ou escrita.

Exemplos de comunicação verbal

Desta forma a comunicação verbal está dividida em oral e escrita, como pode ser melhor exemplificado abaixo:

Oral

A comunicação oral é a forma mais direta de se comunicar, já que para que ela ocorra é preciso ter a presença do emissor e receptor - não necessariamente no mesmo local, mas no mesmo momento. Além da conversa pessoalmente, há outras formas de realizar a comunicação oral, como o rádio ou telefones. Para se ter uma boa comunicação oral e transmitir a mensagem de forma eficaz, é preciso falar com naturalidade, ter uma postura simpática e confiante, desenvoltura, entre outras características. A comunicação oral tem o poder de deixar a mensagem clara, contornando mal entendidos ou situação inesperadas.

Problemas na comunicação oral

Os principais problemas na comunicação oral estão relacionados com os níveis de compreensão de que as pessoas têm desses maios. Não é incomum alguém disser que foi mal compreendido, isto porque ele falou uma coisa e a pessoa entendeu outra.

Este problema pode estar relacionado com o emissor que não conseguiu transmitir a ideia de maneira correta ou com o emissor que possui certa limitação de compreensão.

Alguns exemplos de problemas na comunicação oral:

Escrita

A grande diferença da comunicação escrita está no fato do receptor não estar, necessariamente, presente na conversa. Dessa forma, a comunicação escrita pode ser vista como um monólogo, onde o emissor transmite através da palavra escrita o que ele quer dizer e o receptor pode receber a mensagem futuramente. É preciso tomar cuidado com a forma da escrita, já que a interpretação do receptor pode ser diferente do objetivo inicial da mensagem.

Assim como acontece na comunicação oral, a comunicação escrita também tem lá seus percalços. Embora seja mais fácil comunicar de maneira escrita, uma vez que esta permite uma revisão antes de ser enviada, ainda assim ela não estará livre de problemas.

Alguns exemplos de problemas na comunicação escrita:

Não verbal

Diferente da comunicação verbal, a comunicação não verbal é feita através de códigos, gestos, sinais, expressões faciais e corporais e de imagens. Apesar de não usarmos da mesma forma que a comunicação verbal, necessitando de um passivo e ativo, a comunicação não verbal está muito presente no nosso cotidiano. Por exemplo, sinais de trânsito, linguagem por meio de libras e sinais são formas de comunicação não verbal.

A comunicação não verbal tem uma grande vantagem: ela é universal em muitos sentidos. Assim se você chegar em outro país e não souber falar a língua das pessoas dali, poderá ainda usar gestos e expressões que poderão ser captadas e entendidas pelas pessoas. Isto acontece com muita frequência quando precisamos nos comunicar com pessoas que falam outros idiomas.

Exemplos de comunicação não verbal

Assertiva

É fundamental ser assertivo para que a mensagem chegue clara ao receptor. Para isso, é necessário se comunicar de maneira direta, sincera, clara e honesta. Um emissor é assertivo quando ele consegue manifestar suas ideias e pensamentos de forma clara e sem desrespeitar o próximo. Isso pode ser feito em todas as formas de comunicação, seja verbal seja não verbal. Uma comunicação que não é assertiva pode trazer falha na mensagem, ocasionando uma série de erros e problemas.

Para ser assertivo, o emissor deve ser honesto, direto, transparente, claro, além de transmitir respeito e conhecimento ao receptor.

Há outros tipos de comunicação?

Sim, há outras formas de se comunicar, que podem depender do grau de intimidade e relacionamento do emissor e receptor, como comunicação por olhar por exemplo. Há ainda a comunicação corporal, a linguagem brasileira de sinais - Libras que feita por gestos, dentre outras.

Por Redaweb e redação


 
Veja também: