Pronomes relativos: cujo, qual, quanto, que e os invariáveis

Saiba o que são pronomes relativos e os exemplos de: cujo, qual, quanto, que e os invariáveis. Veja as regras de aplicação deles e exemplos com frases comuns para você compreender melhor o seu uso na língua portuguesa.

» Página Inicial


As pessoas estão cada vez mais querendo entender as lacunas da língua portuguesa e nem sempre é fácil compreender suas regras e classificações que estudamos desde o início de nosso desenvolvimento até o fim da nossa vida.

As classificações da língua portuguesa foram criadas para que tivéssemos maior facilidade na compreensão e utilização diárias dessas regras e classificações, mas muitas vezes acabam surgindo muitas dúvidas se realmente estamos empregando de forma correta.

Dentre essas classificações os pronomes relativos acabam gerando duvidas referente ao seu emprego na nossa comunicação e entender como utilizar esses pronomes pode nos ajudar a evoluir na forma como nos comunicamos diariamente, e a melhor forma de fazer isso é além de estudarmos colocar em pratica o que aprendemos, buscar informações e esclarecer nossas dúvidas.

Pronomes relativos

Ao iniciarmos um estudo sobre pronomes podemos encontrar diversas classificações e nem sempre é fácil compreender ou entender a sua utilização de forma adequada numa primeira lida, mas ao exercitarmos diariamente podemos ir adquirindo um aprendizado que torna o emprego dos pronomes mais fácil.

Dentre os muitos pronomes que podemos aprender e as pessoas tem dificuldade em empregar estão os pronomes relativos que na verdade não são tão complicados e ao analisarmos melhor vemos que já utilizamos diariamente em nossa comunicação escrita e falada, seja de maneira formal ou informal.

pronomes relativos

Os pronomes relativos são aqueles que se relacionam sempre com o termo da oração que antecede, podendo servir de elo de subordinação das orações, exercendo uma função sintática a frases, os pronomes relativos são utilizados para evitar a repetição de termos ou palavras na oração.

A utilização dos pronomes relativos em uma oração facilita a compreensão da frase sem a mesma ficar repetitiva com a utilização das mesmas palavras, os pronomes relativos podem ser variáveis e invariáveis e ambos podem são utilizados para dar sentido a uma oração.

Os pronomes relativos podem ser variáveis e invariáveis e a sua utilização em uma oração pode vir acompanhado de preposição quando a regência assim determina, para entender melhor quais são pronomes relativos variáveis e invariáveis, podemos classificar como variáveis e invariáveis os seguintes pronomes relativos:

Variáveis

Invariáveis

Emprego dos pronomes relativos

O emprego dos pronomes relativos variáveis e invariáveis podem ser uma dúvida constante na cabeça de muitas pessoas, mas se entendermos de forma separada a utilização desses pronomes fica bem mais fácil emprega-los na nossa comunicação diária.

Exemplos de pronomes relativos

Ao analisarmos os pronomes relativos variáveis e invariáveis podemos perceber que muitos desses pronomes são usados na nossa comunicação diária, mas em muitos casos temos dúvidas se estamos empregando esses pronomes relativos de forma adequada.

E pensando em uma maneira de compreender o uso adequado dos pronomes relativos em nossa rotina encontramos dentre várias formas de aprendizado os exemplos que nos ajuda a esclarecer dúvidas em questão desses pronomes relativos sendo variáveis ou invariável e alguns dos exemplos relacionados aos pronomes relativos estudados são:


 

Veja também



© 2018   |   Matérias Escolares: Conteúdos para ensino fundamental e médio   |   Política de Privacidade