Pronome de tratamento para padre, professor, reitor e promotor

Saiba o que são os pronomes de tratamento na língua portuguesa e quais são usados para fazer referência a padre, professor, reitor e promotor. Veja quando usar Reverendo, Vossa Senhoria, Vossa Magnificência, e outros

» Página Inicial


Imagine que você está em uma festa ou congresso e um juiz é apresentado a você ou então, que você vai precisar escrever um e-mail para o reitor de uma universidade. De que forma você trataria essas pessoas, chamaria elas pelo primeiro nome? Isso até poder ser feito, mas sua imagem pode não ficar muito boa diante das outras pessoas que sabem como utilizar um pronome de tratamento, alias, é bastante comum eventos formais, por exemplo, todos conhecerem as formas de se dirigir a autoridades.

Os pronomes de tratamento são palavras que expressam a separação e a submissão em que um indivíduo voluntariamente se estabelece em conexão com outro para satisfazer-lo e dessa forma, construir um relacionamento amigável.

O uso desses pronomes deve ser feito com economia, porque a repetição abusiva pode causar um efeito contrário.

Pronome de tratamento

Tratamento para padre

Nas cartas formais dirigidas a um clérigo, podemos começar por:

“Reverendo Senhor Padre...”.

De vez em quando, podemos falar “Reverendo Senhor Padre...”, se estivermos conversando pessoalmente; ou, se houver uma proximidade mais notável, "Reverendo Padre...”.

Abreviações

Revmo. Pe ou Pe.

Tratamento para professor

Nas cartas formais dirigidas a um docente, podemos começar por:

“Vossa Senhoria...”

A relação de educadores com as pessoas está bem mais próxima, então utilizar “Professor” é mais adequado.

Abreviações

V.S.ª, V.Sa, V.S. as, V.Sas. ou Prof. ou Prof.ª

Tratamento para reitor

Nas cartas formais dirigidas a um reitor, podemos começar por:

“Vossa Magnificência...” ou “Vossa Excelência...”

Sua Magnificência é a forma como os manuais mais estabelecidos educam para tratar os diretores de faculdade. Mas atualmente a distancia entre o reitor e os docentes diminuiu, por isso o tratamento Vossa Excelência (V. Exa.) já é aceito também Senhor Reitor, Excelentíssimo Senhor Reitor.

Abreviações

  1. Mag.ª ou V. Maga ou V. Exa. ou V. Ex.ª ou V. Mag. as ou V. Magas. ou V. Ex.as ou V.Exas.

Tratamento para promotor

Nas cartas ou eventos formais dirigidas a um promotor, podemos utilizar:

“Vossa Excelência...”

Abreviações

  1. Ex.ª ou V. Exa. ou V.Ex.as ou V. Exas

Concordância com pronomes de tratamento

Os termos de tratamento são para a maioria das palavras ou expressões que citam alguém na 1ª ou 2ª pessoa como se ela estivesse na 3ª pessoa ou caracteriza um individuo que realmente esta na 3ª pessoa. No caso de concordância verbal, para esses elementos é sempre melhor considerar a 3ª pessoa, por exemplo:

- Vossa Magnificência precisa de alguma coisa?

O pronome de tratamento deixa o verbo na 3ª pessoa do singular (Ele precisa), apesar do fato de que ele refere-se a alguém que realmente está na 2ª pessoa do singular (que a forma do verbo é: tu desejas).

Concordância de gênero

Com os tipos de tratamento, concordância é feita com o sexo da pessoa que são referidas:

Vossa Senhoria está sendo convocado (homem) a comparecer ao Fórum...

Vossa Excelência será convidada (mulher) a apresentar seus conhecimentos na palestra...

Concordância de pessoa

Apesar do fato de ter "Vossa" na forma de tratamento, é preciso que os verbos e pronomes sejam na 3ª pessoa:

Vossa Excelência pediu...

Vossa senhoria ensinou...

Concordância com a pessoa do emissor

O remetente da mensagem, falando de si mesmo, pode usar primeira pessoa singular ou a primeira do plural. Não pode utilizar as duas escolhas no mesmo conteúdo:

Tenho o prazer de dizer a Vossa Excelência...

Temos o prazer de dizer a Vossa Excelência...

Deixe-me esclarecer a Vossa Excelência...

Deixe-nos esclarecer a Vossa Excelência...

Emprego de Vossa e Sua

Vossa Excelência, senhoria, e assim por diante, é um tratamento imediato - é utilizado com quem você fala, ou a quem se corresponde e é o mesmo que você:

Ao comprovar a satisfação do que recentemente foi solicitado, apresento a Vossa Senhoria nossos amáveis respeitos.

Sua Excelência, senhoria, e assim por diante, relaciona com pessoa de quem se fala, é o mesmo que ele:

No Seminário, Sua Excelência o Senhor Reitor da universidade X conversou com os alunos.

Abreviações

Por extenso demonstra um aspecto mais respeitoso, uma reverência mais notável e é rigorosa em correspondência dirigida ao Presidente da República. Para que fique esclarecido, seja como for, que qualquer tipo de tratamento pode ser composto na íntegra, dando pouca atenção ao cargo ocupado pela pessoa.


 

Veja também



© 2018   |   Matérias Escolares: Conteúdos para ensino fundamental e médio   |   Política de Privacidade