O que é verso? Vocativo x aposto

Saiba neste artigo a definição para verso na língua portuguesa. Veja a diferença entre vocativo e aposto, bem como a definição para estrofe e metáfora.

» Página Inicial » Português


O verso, na literatura, é o que representa cada linha de uma poesia, que agrupados são classificados como uma estrofe. Entende-se como poesia um texto lírico que faz uso de recursos como a musicalidade, o ritmo, e as rimas de um verso com o outro, o que concede maior ênfase ao discurso.

Estrofe

Como dito anteriormente, cada conjunto de versos é chamado de estrofe, e o número de versos em cada uma pode variar. Visto esta definição, é preciso salientar que o nome dado à cada estrofe varia de acordo com a quantidade de versos, podendo ser classificada como:

  • Monóstico: somente um verso
  • Dístico: 2 versos
  • Terceto: 3 versos
  • Quarteto ou Quadra: 4 versos
  • Quintilha: 5 versos
  • Sextilha: 6 versos
  • Septilha: 7 versos
  • Oitava: 8 versos
  • Nona: 9 versos
  • Décima: 10 versos
  • Irregulares: nome dado às estrofes com mais de 10 versos

Classificação dos Versos

O que é verso

Algo importante a respeito da classificação dos versos é a metrificação, ou seja, a medida de sílabas de cada verso, sendo que eles podem ou não seguir um padrão. Quando apresentam medidas iguais, são denominados isométricas, mas ao apresentarem medidas distintas, são chamados heterométricos, como exemplo, versos livres, que são irregulares e não possuem metrificação.

Ao ser feita a metrificação do verso, deve ter atenção, pois as sílabas dos versos são chamadas poéticas, que são diferentes das sílabas gramaticais. Assim sendo, a partir do número de sílabas poéticas que um verso possuir, ele pode ser classificado como:

  • Monossílabo: 1 sílaba poética
  • Dissílabo: 2 sílabas poéticas
  • Trissílabo: 3 sílabas poéticas
  • Tetrassílabo: 4 sílabas poéticas
  • Pentassílabo ou Redondilha Menor: 5 sílabas poéticas
  • Hexassílabo: 6 sílabas poéticas
  • Heptassílabo ou Redondilha Maior: 7 sílabas poéticas
  • Octossílabo: 8 sílabas poéticas
  • Eneassílabo: 9 sílabas poéticas
  • Decassílabo: 10 sílabas poéticas
  • Hendecassílabo: 11 sílabas poéticas
  • Dodecassílabo ou Alexandrino: 12 sílabas poéticas
  • Verso Bárbaro: o verso que possui mais de 12 sílabas poéticas.

O que é vocativo?

O vocativo é utilizado para chamar a atenção de alguém para si. Normalmente utilizado durante a comunicação, no momento em que o falante deseja dirigir-se diretamente ao ouvinte, ou seja, quando a pessoa que está falando chama ou invoca o nome da pessoa com quem fala.

O recurso é utilizado no discurso direto, e comumente apresenta uma espécie de entonação apelativa e/ou exclamativa. Uma marcação dele é ser destacado por vírgulas, ou algum tipo de pontuação que o destaque, como é o caso do ponto de exclamação. Também é usado junto a interjeições de apelo.

O vocativo é um termo independente da oração, por isto não tem qualquer relação sintática com os demais termos da oração, e também não apresenta sujeito, nem predicado.

Exemplos de vocativos

  • Mãe, vem aqui fora!
  • Ricardo! Preste atenção no trabalho.
  • Aguarde, Ana, que já estou a caminho!
  • Levante-se, João, já está na hora ir para a aula.
  • Vá com calma, menina!
  • Joana, guarde esta informação para si.
  • Ah, querido! Justo nas nossas férias!
  • Meninos!
  • Pedro!

Vocativo x aposto

Uma grande dificuldade dos estudantes da Língua Portuguesa é conseguir diferenciar o vocativo do aposto. A principal diferença entre os dois é que enquanto o vocativo não possui relação sintática alguma com os termos da oração, o aposto o faz.

O que é metáfora?

“Isto foi só uma metáfora”, é uma fala normalmente utilizada pelos brasileiros, apesar de nem todos saberem o que de fato a palavra metáfora significa.  Esta figura de linguagem é utilizada para fazer com que uma palavra ou expressão passe para o seu sentido figurado. Expressa uma comparação com a ausência de termos usados por esta. O sentido comparativo da metáfora é subentendido, implícito.

Na frase “Você é uma flor”, que um namorado diz para a amada, temos a metáfora, pois ele não está dizendo literalmente que ela é uma flor, mas sim que ela é tão bonita e delicada como uma.



 

Veja também



© 2018   |   Matérias Escolares: Conteúdos para ensino fundamental e médio   |   Política de Privacidade