Linguagem verbal e não verbal, oral e escrita. Com exemplos

Perguntas e respostas sobre linguagem verbal e não verbal. Algumas considerações sobre os tipos de linguagens e quais os dois tipos de linguagens que existem na Língua Portuguesa?

» Página Inicial

No local onde vivemos podemos conviver com muitas formas de linguagem materializadas em objetos, dependendo deste quesito nós dispomos a levar informações sobre cada característica que encontramos em nosso dia a dia. Encontrando distintas formas de linguagem seja no plano verbal ou não verbal.

Linguagem verbal e não-verbal

O que é linguagem verbal?

A linguagem verbal nada mais é do que a linguagem em que há uso de palavras/expressões para a comunicação de algo, sendo ela escrita ou falada. Sendo assim, toda vez que as palavras são usadas, estamos falando de linguagem verbal.

Quando transmitimos nossa mensagem através da fala ou da escrita, um exemplo é quando escrevemos um texto, estamos usando a linguagem verbal, pois nos utilizamos da escrita. Uma carta também pode ser definida como linguagem verbal, pois é escrita. O diálogo também é linguagem verbal, pois é a fala entre duas pessoas. Temos como exemplo também o jornal escrito ou transmitido na TV, os dois são linguagem verbal, pois ou é escrito ou é falado.

Exemplos:

E linguagem não-verbal?

A linguagem não-verbal engloba todo tipo de linguagem que não utiliza palavras. Sendo assim, sinais ou placas de trânsito, linguagem de sinais ou corporal, expressões faciais, figuras e gestos são alguns entre os representantes da linguagem não-verbal.

A linguagem não verbal não usa as palavras, tampouco a escrita para se comunicar, pois senão ela seria verbal. Do contrário, ela se utiliza de simbologia. Quando usamos este tipo de linguagem não usamos palavras para nos comunicar, mas sim, objetos, cores, placas.

Exemplos:

Outros exemplos: Bandeiras identificando os países, pelas cores e seus símbolos podemos verificar qual país ela representa.

Qual a diferença entre as duas linguagens?

Para dar início a esta matéria, temos que entender que comunicação nada mais é que uma troca de informações entre dois falantes. Quando duas pessoas estão conversando, cada uma pode se utilizar de símbolos para transmitir sua mensagem. Dependendo deste símbolo utilizado, teremos o tipo de linguagem.

Exemplo: Quando falamos ou escrevemos, temos a linguagem chamada verbal.

Quando somente emitimos gestos, já temos uma linguagem não verbal, pois ela é expressa através de símbolos, gestos, pelo tom de voz que a pessoa está falando, e pela postura corporal que usa.

O que é linguagem digital?

A linguagem digital é formada principalmente pelo hipertexto (apresentação de informações escritas, organizada de tal maneira que o leitor tem liberdade de escolher vários caminhos, a partir de sequências associativas possíveis entre blocos vinculados por remissões, sem estar preso a um encadeamento linear único), no qual o leitor lê o texto na ordem que quer e escolhe as partes de seu interesse. Eles são encontrados em sites, portais ou internet

No meio eletrônico é a linguagem virtual ou internetês (linguagem abreviada) é a linguagem usada para responder rapidamente uma mensagem via online. Ela é a mais nova entre as denominações de linguagem e é representada, especialmente, pelo ‘dialeto’ criado pelos internautas para se comunicarem na rede. Porém devemos lembrar que este tipo de escrita não serve para a norma culta da língua portuguesa, por isso na hora da escrita em sala de aula os jovens devem rever sua forma de escrita e os professores devem chamar a atenção para que eles escrevam de forma correta. Este tipo de escrita serve somente para a comunicação rápida e a troca de informações informalmente.

Qual é a diferença entre linguagem oral e escrita?

A linguagem escrita e oral não deve ser confundida, uma vez que são bem distintas. A linguagem falada é muito mais dinâmica e espontânea, até porque é nela que todas as formas linguísticas são abrangidas. Por outro lado, a linguagem escrita vai muito além da simples representação da linguagem oral – uma vez que ela conta com um sistema rígido e disciplinado de regras (principalmente quando nos referimos à linguagem formal).

Existem diversos fatores que influenciam a linguagem oral e escrita. São eles:

Linguagem de oralidade e escrita

Muitas vezes que vamos fazer uma redação nos deparamos com a seguinte mensagem "evite usar a oralidade". A única forma de usar este tipo de linguagem é descrevendo uma característica de um personagem. Para tal forma de linguagem ser aceita vai depender da adequação que será feita.

Nível de linguagem

Os níveis de linguagem falam a respeito da forma em que a fala está sendo utilizada para poder determinar uma situação comunicativa. Para que isso ocorra o emissor e receptor deverão estar em concordância mais o uso da gramatica não deverá ser deixado de lado.

Fatores de adequação linguística

A linguagem não poderá ser tratada de forma uniforme sofrendo variação de cada assunto. A linguagem deve ser como uma peça de roupa, não pode ser usada a mesma todo tempo, esse fator é o mais importante para a adequação linguística.

Linguagem ambiente

É definida de acordo com cada ambiente, por isso deve se prestar atenção para não haver inadequações. Pode ser possível utilizar o mesmo tipo de linguagem entre amigos, ou até mesmo em um local de trabalho. Mais nunca deve ser misturado o mesmo tipo de linguagem em todos os ambientes.

Relação entre quem está falando e quem está ouvindo

A intimidade ou ausência entre ambos os lados é o fator principal para uma nova adequação linguística. Portanto sempre que for conversar com alguém estranho o correto é utilizar uma linguagem formal, enquanto for puxar conversa com um amigo poderá utilizar-se da informalidade.

Linguagem intencional

Sempre que o texto for despretensioso ou seja sem nenhum objetivo podemos julgar que há algum tipo de pretensão. Para cada tipo de intenção existe uma forma de linguagem diferente, por isso uma declaração de amor é feita de um modo diferente de uma entrevista de emprego.

Existem inúmeras maneiras para elogiar, xingar ou criticar.

Algumas considerações sobre os tipos de linguagens

Podemos identificar a linguagem não verbal até nos animais, pois na ausência de fala ou escrita, eles se utilizam apenas de sons e gestos para expressar o que querem ou sentem. Um exemplo disso é que quando o cachorro abana o rabo ele está feliz, mas quando está com o rabo entre as pernas, ele está triste. Não é difícil diferenciar os tipos de linguagens, uma vez que, falada ou escrita, ela só pode ser verbal. Podemos tentar falar sem um verbo, por exemplo, a frase ficará sem sentido. Exemplo: A mãe (perdeu) a caneta. Se o verbo não estiver na frase, não iremos entender. Podemos então perceber que precisando de um verbo obrigatoriamente na frase, a linguagem é verbal. É um modo para tentar identificar o tipo de linguagem.

Por Redação, Angélica Pinheiro de Camargo e Alisson Laconski


 
Veja também: