Quando e como usar cedilha, apostrofe, til e hífen

Veja quando e como usar cedilha, apostrofe, til e hífen em palavras e expressões da língua portuguesa. Veja as principais regras para aplicação desses acentos e sinais que são bastante usados no português.

» Página Inicial » Português


A língua portuguesa, ou simplesmente o português, é considerada no mundo um dos idiomas mais falados, ocupando a quinta posição entre as línguas que são mais utilizadas nos países de fora.

Atualmente, estima-se que cerca de 280 milhões de pessoas, no mundo todo, falam o português. Por isso, este é um dos idiomas que mais tem chances de crescer e se tornar mais potente.

Sua origem tem relação com a vinda dos portugueses ao Brasil, no período da colonização. Foram esses exploradores que trouxeram este novo idioma ao nosso pais, o qual foi se adaptando com os dizeres locais.

O português, apesar de muito rico em seu vocabulário, é considerado, também, uma língua bastante complicada e de difícil aprendizado.

Cedilha e apóstrofe

Isto se deve ao fato de que na língua portuguesa existe várias palavras com o mesmo som, porém escritas diferentes. A gramática é bastante complexa. Enfim, é preciso ter uma certa atenção ao falar ou escrever em português.

Mas nada como umas boas aulas de português na escola para fixar o conteúdo. Entretanto, se mesmo assim você esteja precisando de um reforço, pois não se recorda como tal palavra se escreve, este post irá te ajudar.

Aqui serão descritos informes sobre o uso da cedilha, do sinal gráfico til, o apostrofe que é pouco usado e com relação ao hífen.

Vale ressaltar que o sinal de hífen gera muitas dúvidas, não só aos estudantes, mas também aos adultos que irão escrever um texto.

Devido ao fato de que ocorreu, tem um tempo atrás, uma mudança bastante significativa na ortografia de algumas palavras. Fato este que pegou de surpresa muita gente que não dava atenção ao seu idioma natal.

Por isso, aqui você verá as principais regras de uso e poderá colocá-las em prática. Não cometendo mais nenhuma gafe com o seu português.

Sobre o uso da cedilha nas palavras

Todos conhecemos a cedila, pode ser que não pelo nome, mas provavelmente o sinal que ela representa certamente você já viu em alguma palavra.

Normalmente ela é escrita como um “c” que possui uma “cobrinha” em baixo. No final ela fica desse jeito: “ç”.

O som que ela produz lembra muito ao “s”. Por isso confunde a cabeça de muita gente, mas seu uso é fácil veja:

  • Palavras com terminações em to, tivo e tor, é muito comum encontrar a “ç” quando ocorre a transformação do vocábulo, exemplo: redator – redação;
  • Situações em que se transforma um verbo “ter” em substantivo: reter – retenção;
  • Nos substantivos com “ce”, como abrace – abraço;
  • E na maioria dos verbos que terminam com R – combinar – combinação.

Esses casos mencionados são os mais comuns da cedilha, porém não são regras fixas, pois existem exceções.

Sobre o Apóstrofe

Essa é uma parte mais gramatical. O apóstrofe tem o intuito de indicar a invocação do nome de algo seja ele imaginário ou real.

Nesse caso, a pessoa em uma frase, poema ou texto irá utilizar um termo para poder personificar a pessoa desejada.

Caso ainda esteja muito confuso, confira o exemplo: ‘Pai, nosso que estáis no céu…’; deu para entender um pouco mais sobre o apóstrofe?

Sobre o til nos vocábulos

O til é considerado um sinal gráfico que tem como objetivo tornar aquela palavra mais nasalizada. Isto quer dizer que ao pronunciar uma palavra que possua til, o som irá sai mais pelo nariz do que boca.

O til é um sinal bastante utilizado e não é difícil de saber quando será utilizado. Normalmente é preciso prestar atenção ao som que a palavra faz, nesses casos é utilizado o til.

Outra dica sobre o uso do til é com relação ao plural das palavras. É bastante comum encontrar o til associado as palavras que são passadas no plural.

Mas, de qualquer forma a orientação mais certa neste momento é com relação ao com que se faz, não tem como errar na escrita.

Sobre o hífen

Muitas pessoas tem um pouco de receio em utilizar o hífen, por falta de conhecimento mesmo. Dessa forma, reunimos uma lista com os principais pontos a saber sobre o hífen:

  • Quando surge duas palavras e a segunda é com “h”, coloca hífen;
  • Palavras iguais uni;
  • Desiguais separa;

Na maioria das vezes o prefixo usa hífen.



 

Veja também



© 2018   |   Matérias Escolares: Conteúdos para ensino fundamental e médio   |   Política de Privacidade