Adjetivo simples, irregulares, composto e negativos

Um adjetivo pode ser considerado simples ou composto, ele pode ser irregulares e pode ser negativo. Veja a explicação de cada um deles e os exemplos que demonstram sua aplicação em termos práticos.

» Página Inicial

Os adjetivos são classes de palavras muito importantes em nosso português, pois são incumbidas de um cargo extremamente fundamental: o de oferecer características ao nome.

Normalmente, este nome, a qual mencionamos está relacionado a um substantivo, que é o termo utilizado para nomear objetos, coisas e pessoas.

Enfim, em geral, o adjetivo está encarregado de atribuir qualidades ou defeitos para os substantivos, isto é, ele indicará o estado, a condição e as características de um nome.

adjetivo simples irregulares composto e negativos

Quando uma palavra é classificada como adjetivo ela poderá surgir nas seguintes formas: gênero – feminino ou masculino, número – singular ou plural e, por fim, grau sendo comparativo ou superlativo.

Outra forma que podemos classificar um adjetivo é verificar se ele é um termo simples, irregular, composto ou negativo. Essas classificações serão explicadas a seguir.

Mas antes é preciso dizer algumas coisas importantes acerca do adjetivo. Primeira é que ele pode aparecer antes ou depois de um substantivo, dando um sentido diferente a frase, na maioria das vezes.

Além disso, o adjetivo tem o poder de restringir um substantivo, fazendo com que se torne único dentro de um grupo, exemplo: O estudante faltou / O estudante paulista faltou.

E mais, o adjetivo tem algumas situações a função de explicar o nome ou qualquer outro substantivo, dando maior destaque as características inerentes da palavra, exemplo: A panela causou a queimadura / A panela quente causou a queimadura.

A partir de agora é possível compreender um pouco mais do assunto. Nos próximos tópicos o tem adjetivo será abordado de forma mais profunda.

Adjetivo Simples

O adjetivo simples é todo o adjetivo que usualmente encontramos em uma frase ou acompanhando um substantivo. Ele será sempre constituído por apenas um único radical ou, se preferir, elemento.

Lembrando ao leitor que radical é o mesmo que a base fundamental das palavras, ele é um elemento comum no momento da formação de palavras. Para exemplificar: casa – casinha, o radical neste termo é “–cas”.

Para entender melhor a aplicação de um adjetivo simples, veja a lista abaixo com algumas frases que exemplificam a situação:

Adjetivos Irregulares

Em português dificilmente encontramos o termo de adjetivos irregular. Essa é uma classificação que encontramos normalmente em palavras e frases do inglês.

Entretanto, existe uma situação na qual podemos utilizar o termo adjetivo irregular que é quando nos deparamos um adjetivo superlativo sintético irregular que podem ser: ótimo, péssimo, máximo, mínimo. Esses quatro são os adjetivos irregulares.

Adjetivos Compostos

Neste tipo de classificação, temos o contrário dos adjetivos simples. Se lá era apenas um elemento, aqui serão mais de um. Você poderá encontrar dois adjetivos juntos para caracterizar um objeto ou nome de algo. Exemplo

Adjetivos negativos

Outro termo muito utilizado no exterior. Aqui, em nosso português, dificilmente encontraremos o termo adjetivos negativos, pois está dentro dos defeitos e qualidades ruins.

Então, toda a vez que encontrar um adjetivo que denote algo ruim, é adjetivo negativo.

Biformes

Os adjetivos biformes são os que possuem duas formas, uma para o gênero masculino e outra para o feminino. Nestes adjetivos, o gênero feminino recebe o sufixo -a ao seu radical e o masculino –o. Mas não há regras, pode haver outras terminações.

Uniformes

São aqueles que possuem apenas uma forma para o gênero masculino e feminino, ou seja, não há diferença. Geralmente terminam em -a, -e, -l, -m, -r, -s ou –z.

Ex: Regular, leal, azul, pobre, contente, simples, nômade, otimista, carijó, só, cruel, fluminense, ruim, etc.


 
Veja também: