Equidade, igualdade e analogia, diferenças e significados

Conheça as diferenças entre equidade, igualdade e analogia, veja seus significados e quando usar cada uma delas no uso da língua portuguesa.

» Página Inicial

Na língua portuguesa podemos perceber palavras que em essência são distintas mas que podem ter significado parecido. Três delas são as palavras Equidade, Igualdade e Analogia. Em que se parecem e como se diferenciam? É preciso prestar bastante atenção nos significados que cada um possui para não se equivocar. Nesse post fiz uma aclaração de cada uma delas a fim de poder entender rapidamente seu significado. Veja aqui quais são as diferenças que cada uma representa.

Equidade

A palavra equidade deriva da palavra “equivalente”.  Ela é muito usada no direito, existem vários sinônimos para representá-la ou igualá-la ao mesmo significado. É a maneira mais comum de se expressar quando queremos que duas coisas, objetos, pessoas e etc. possam ser equivalente uma com as outras. Usualmente vemos a expressão de se um sistema social é ou não equitativo. Ai tem uma representação clara do termo equidade.

Ainda na área de Direito, a equidade também tem a função de completar o que a justiça não consegue alcançar, lugar onde a aplicação das leis não é muito rígida, prejudicando assim casos específicos em que essa lei normal não consegue alcançar.

Equidade no Sistema de Saúde – SUS

No Sistema Único de Saúde (SUS) a equidade é um dos pilares fundamentais, garantindo que todos os cidadãos usufruam do mesmo atendimento na área da saúde, ajustando as necessidades de acordo com cada paciente.

Equidade no Direito Romano

A equidade atuou no desenvolvimento do Direito Romano, caracterizando-se pela oralidade, rigidez e o formalismo, gerando a igualdade aritmética e não a equidade. Na época, a igualdade não estava disponível a todos os que viviam no Império, criando-se uma classe de pessoas que foram excluídas.

Foi então que Roma invadiu a Grécia e as duas culturas se fundiram, gerando a quebra da rigidez no Direito por meio do princípio da equidade.

Equidade, igualdade e analogia diferenças

Igualdade

É o termo usado para igualar um individuo ou um objeto. A igualdade tem diversos sinônimos, entre eles estão a equidade. Igualdade é um derivado da palavra igual, ou seja, que algo seja parecido ou equivalente ao outro. A igualdade é muito pregado nos ambientes jurídicos, principalmente na hora dos esperados julgamentos. É importante igualar uma situação para que possa se enxergar melhor o seu conceito. A igualdade assim como equidade nos permite que seja feita uma comparação mais ampla e neutra sobre um individuo.

Enquanto o mundo alcançou progresso em direção à igualdade de gênero e ao empoderamento das mulheres sob os objetivos de desenvolvimento do milênio (incluindo acesso igual ao ensino primário entre meninas e meninos), mulheres e meninas continuam sofrendo discriminação e violência em todas as partes do mundo.

A igualdade de gênero não é apenas um direito humano fundamental, mas um fundamento necessário para um mundo pacífico,prósperos e sustentável. Infelizmente, no momento atual, 1 em cada 5 mulheres e meninas entre 15 e 49 anos relataram ter sofrido violência física ou sexual por um parceiro íntimo em um período de 12 meses e 49 países atualmente não têm leis que protejam as mulheres da violência doméstica.

Proporcionar às mulheres e meninas igualdade de acesso à educação, assistência médica, trabalho decente e representação nos processos decisórios políticos e econômicos estimulará economias sustentáveis ​​e beneficiará as sociedades e a humanidade em geral. A implementação de novos marcos legais em relação à igualdade feminina no local de trabalho e a erradicação de práticas nocivas direcionadas às mulheres é crucial para acabar com a discriminação baseada em gênero que prevalece em muitos países ao redor do mundo.

De uma maneira simples, a igualdade é um importante pilar da democracia, proporcionando direitos iguais a todos os cidadãos sem exceções, e é o que todo o Estado deveria proporcionar aos cidadãos de cada cidade e país.

Analogia

Tem como significado “proporção”. Quando algo tem a mesma quantidade ou é equivalente ao outro. O sentido é bem amplo e pode ser facilmente entendido. Por exemplo, quando ligamos um objeto ao outro quando cada um deles possuem significados parecidos ou iguais. Quando falamos: “A bicicleta está para o ciclista, assim como o carro está para o motorista”. Possuem um sentido de ligação. Também pode ser comparado com a palavra equidade, ou seja, quando algo é equivalente com o outro. Uma comparação por analogia toma os pontos em comum entre duas ou mais coisas.

Para esclarecer algumas diferenças chave, podemos remarcar que a equidade se ajusta ou adapta a uma situação particular e caso especifico, tomando em conta para esse caso os conceitos de igualdade e justiça. Em quanto se falamos de igualdade, o conceito supõe a comparação de duas ou mais coisas, sejam indivíduos, objetos, ideologias, entre outras.

A analogia por sua parte é um método de interpretação que se pode utilizar para relacionar duas ou mais coisas. Está ligado principalmente ao conceito de igualdade.

Uma analogia é uma comparação em que uma ideia ou uma coisa é comparada a outra coisa que é bem diferente dela. Ele visa explicar essa ideia ou coisa, comparando-a com algo que é familiar. Metáforas e símiles são ferramentas usadas para desenhar uma analogia. Portanto, a analogia é mais extensa e elaborada do que um símile ou uma metáfora.

Exemplos de analogia na vida cotidiana

Exemplos de analogia na literatura

"As brancas mares da lua correm ao longo do céu

Batendo seus cascos dourados sobre os céus de vidro".

Aqui, o poeta constrói uma analogia entre nuvens e éguas. Ela compara o movimento das nuvens brancas no céu à noite com o das brancas no chão.

Analogias Homólogas

O significado pode variar, bem como as suas funções, porém, possui uma parte estrutural semelhante.

Exemplos: O céu é azul assim como a neve é de cor branco.

Chorar é de tristeza e rir é de alegria.

Analogia de Comparação

São formas de comparação e similaridades entre objetos e suas características.

Exemplos: Sua juba é como a de um leão.

É escuro como a noite.

Ele correu tão rápido como o vento.

Alegoria

É caracterizada por comparações construídas ao longo da narrativa, como por exemplo os contos de fábulas e histórias da Bíblia.

Metáfora

A comparação de um objeto é estabelecida, mas o objeto que está sendo comparado está escondido.

Exemplos: Fernando é como um anjo (entende-se que ele tem a bondade dos anjos).

Lucas é como um touro (entende-se que ele tem a força de um touro).

Função de Analogia

Escritores usam analogia para ligar uma ideia nova ou desconhecida a objetos comuns e familiares. Isso torna mais fácil para os leitores compreenderem uma nova ideia, o que pode ter sido difícil para eles entenderem o contrário. Além disso, ao empregar essa ferramenta literária, os escritores chamam a atenção de seus leitores. As analogias ajudam a aumentar o interesse dos leitores, pois as analogias os ajudam a relacionar o que leem à sua vida.

O uso da analogia consegue modificar a especificidade de cada texto e é usada principalmente na Biologia e no Direito. A ideia da analogia é passar uma mensagem direta e sucinta, caso contrário, o emprego do termo em um texto ficará incoerente.

Usando-se os termos adequados para se criar frases e textos, é possível entender o contexto de qualquer conteúdo não só no âmbito literário, mas também aplicá-los em nosso cotidiano.

Fontes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Equidade

https://pt.wikipedia.org/wiki/Igualdade

https://pt.wikipedia.org/wiki/Analogia

Por Redação, Aline Priscila da Silva Muniz Nóbrega e e G Produções Editoriais


 
Veja também: