Diferença entre romantismo e realismo, naturalismo, anarquismo e socialismo

Conheça as diferenças entre os movimentos artísticos e literários, como romantismo e realismo, anarquismo e socialismo. Veja a definição de cada um deles e algumas das suas principais características que podem ser observadas.

» Página Inicial

Diversas formas de pensar já passaram pela mente humana. Por muito tempo o homem já acreditou que foi a monarquia a principal forma de governar. Já acreditou que o dinheiro na mão de poucos era a melhor forma de equilibrar a economia e também que dividir igualmente seria a melhor forma. Diversas correntes de pensamentos já passaram pela história da humanidade. Conheça algumas a seguir.

Romantismo

Chama-se de romantismo um movimento artístico literário que perdurou durante o século XIII em diversas partes do mundo. Nesta linha de pensamento o que valia era a paixão intensa, seja ela real ou utópica. O que importava era soltar seu coração por seu objeto de desejo em quadros, poemas e romances. Os autores soltavam o verbo declarando seu amor por sua terra natal, por seu objeto de desejo ou por um momento da via que queriam de volta.

No Brasil o romantismo foi um movimento artístico muito forte com diversos autores. Os destaques são Gonçalves de Magalhães e Gonçalves Dias, dois poetas românticos que adoram mostrar o quanto o Brasil era uma terra linda e merecia ser admirada.

Em toda Europa, o Romantismo foi a tendência estética que dominou a produção artística de boa parte do século XIX.

Realismo

Este também foi um movimento artístico em que os seguidores deveriam mostrar o mundo como ele realmente é. Foi uma grande fuga do excesso de adoração do romantismo a objetos e terras, mostrando principalmente na literatura e artes plásticas o homem como um ser que erra, fede, é mau educado. Bem mais real que o romantismo.

Naturalismo

O Naturalismo é uma tendência, é o radical do Realismo, o contexto histórico é o mesmo. O Naturalismo também é um movimento antirromântico, também é um movimento que é contra a subjetividade e que vai trazer na literatura o que está acontecendo historicamente, vai ser realista e vai ser também tão detalhista, tão descritiva quanto o Realismo é, só que vai ter algumas diferenças, algumas diferenças bem importantes que separam uma da outra que são as seguintes:

No Realismo os  personagens eles são ambientados eles não são apresentados com teorias e com coisas mais psicológicas, a gente tem uma análise psicológica por trás dos personagens do Realismo, no Naturalismo é uma questão mais externa porque todos os personagens todo mundo que aparece no Naturalismo é um produto do meio em que vive.

No Naturalismo eles seguem algumas teorias algumas teses que nós ja ouvimos falar e principalmente três são principais ali que é o positivismodeterminismoDarwinismo, e uma das obras que mais mostra isso e que inclusive é a obra do Naturalismo é "O Cortiço"de Aluisio de Azevedo que é o principal escritor do Naturalismo e os personagens enquanto no Realismo as pessoas, os escritores queriam mostrar mais a classe social mais nobre ,no Naturalismo as classes sociais procuram ser mais proletariado.

Anarquismo

O significado do termo é de origem grega “ánarkhos”, que quer dizer “sem governo” e “sem poder”. Depois de tanto tempo vivendo com regras o homem resolveu que um pouco de liberdade de pensamento era a melhor pedida. Foi ai que surgiu o anarquismo, uma corrente de pensamento que incentivava as pessoas a pensarem como elas queriam e ir contra o sistema vigente. Muitas pessoas ainda seguem o anarquismo até hoje.

Os anarquistas defendem que:

O anarquismo se opõe principalmente ao capitalismo, sob a alegação de que o sistema é opressor e injusto, bem como a existência de uma interferência constante do Estado na sociedade.

Os anarquistas não desejam apenas uma revolução política, mas também social, que seja iniciada principalmente da maioria da população, dos trabalhadores e de qualquer classe social que se sinta excluída, dominada e rejeitada.

Socialismo

O socialismo é uma corrente de pensamento que presa pela igualdade de riquezas e um governo mais democrático. É um forte oponente da monarquia e da ditadura que muitos países viveram, mas acabou sendo um forte aliado do ditatorialismo porque muitos dos governantes sociais acreditavam que apenas eles podiam fazer o melhor por seu país.

No socialismo não existe mais propriedade individual, tudo pertence ao Estado e será dividido por igual. Não existe empresas particulares e todos os serviços essenciais devem ser providos pelo Estado. É um sistema politico e econômico que se funcionasse bem, seria perfeito para diversas pessoas.

Diferentemente do anarquismo, o socialismo defende que:

Qual desses é o melhor: romantismo, realismo, naturalismo, anarquismo e socialismo?

Muitos destas ideologias políticas deixaram de existir, seja parcial ou totalmente em vários países do mundo. A verdade é que nenhum deles trouxe a real satisfação aos cidadãos de um país, pois sempre haverá minorias e maiorias que defenderão os seus ideais.

As desigualdades sociais e econômicas sempre foram o ponto de partida para que acontecessem revoluções, guerras, contendas, revoltas e outras reivindicações por parte dos cidadãos e governos.

O que se deve ter em mente é que cada um deve ou deveria ser livre para pensar como quiser, mas sempre respeitando a opinião do outro, regidos por um governo ou Estado que emanasse confiança e o mínimo de empenho para apoiar e punir as demandas da sociedade com justiça.

O socialismo e o anarquismo defendem que tudo seja repartido de forma igual entre todos (o primeiro apoia a interferência do Estado, o segundo não).

O capitalismo é um sistema que fornece a liberdade de produção e bem-estar individual, mas divide as classes sociais.

Por Redação e Aline Priscila da Silva Muniz Nóbrega


 
Veja também: