Movimento Renascimento. Raízes, onde começou e porque a Itália?

Perguntas e respostas sobre o que é o renascimento? O momento de transição e porque a Itália foi o seu berço. Quais foram os principais nomes do movimento?

» Página Inicial

O que é o renascimento?

É um movimento cultural e artístico que rompeu com o padrão de pensamento vigente no mundo medieval, introduzindo a cultura laica (não religiosa).

Quando este movimento começou?

Teoricamente, historicamente, começou no século XIV e foi até o século XVI. Então ele começa por volta dos anos de 1300 e vai até os anos de 1500 estendendo até os anos de 1600. As coisas não acontecem por acaso, passam por momentos de transição, onde dois momentos coexistem até um entrar em decadência e o outro acender. Então, o renascimento que fez sucesso, aquele renascimento cultural, artístico, sabemos que é do ano de 1500.

Foi um momento de transição?

Renascimento

Sim. O renascimento foi um momento de transição histórica entre a idade média e a idade moderna ou seja, a partir do renascimento até os dias atuais.

Na idade média existia um pensamento, uma força ideológica teocêntrica (Deus no centro do universo) e, a partir daí começa a aparecer o pensamento antropocêntrico. É nesse período que este pensamento se estabelece de vez. Há também a transição do capitalismo. A transição do sistema feudal, rual de sub-existência para o sistema capitalista. Ou seja, o comércio, a compra a venda, e o mercantilismo.

Aonde foram suas raízes?

O renascimento começou na Itália. Depois que a Itália se estabeleceu, se dirigiu para outros locais da Europa como Inglaterra, França, Portugal, Espanha, Alemanha e os países baixos que são Holanda e Bélgica.

Porque a Itália foi o seu berço?

A Itália foi o berço porque ela já possuía uma tradição de mercado, ela já era uma rota comercial, ou seja, se passava pela península Itálica muitas navegações indo para certos locais do norte da África, do Oriente para fazer os seus negócios. E também foram nas cidades da Itália que se desenvolveram urbanamente as primeiras cidades, se desenvolveram os Burgos, que vai acarretar na Burguesia, que é aquele intermédio entre o sistema feudal e as grandes cidades do renascimento.

Quem viviam nestas cidades?

Diferentes dos camponeses, dos cervos, da plebe da idade média, esta sociedade era composta por ricos e urbanos (burguesia), artistas, intelectuais, filósofos, mecenas (pessoas com poder aquisitivo que patrocinavam os artistas. Muitas vezes os mecenas eram príncipes, pessoas de nobreza, e também a igreja pois, dizer que o pensamento teocêntrico sumiu não quer dizer que a igreja tinha sumido também, o mundo apenas começou a fazer uso do pensamento racional). Pessoas com conhecimento intelectual superior que, já sabiam ler e escrever.

Quais foram os principais nomes do movimento?

Giotto di Bondone (1266-1337) - pintor e arquiteto italiano. Um dos precursores do Renascimento. Obras principais: O Beijo de Judas, A Lamentação e Julgamento Final.

Fra Angelico (1395 - 1455) - pintor da fase inicial do Renascimento. Pintou iluminuras, altares e afrescos. Obras principais: A coração da virgem, A Anunciação e Adoração dos Magos.

Michelangelo Buonarroti (1475-1564) - destacou-se em arquitetura, pintura e escultura. Obras principais: Davi, Pietá, Moisés, pinturas da Capela Sistina (Juízo Final é a mais conhecida).

Rafael Sanzio (1483-1520) - pintou várias madonas (representações da Virgem Maria com o menino Jesus).

Leonardo da Vinci (1452-1519) - pintor, escultor, cientista, engenheiro, físico, escritor, etc. Obras principais: Mona Lisa, Última Ceia.

Sandro Botticelli - (1445-1510) - pintor italiano, abordou temas mitológicos e religiosos. Obras principais: O nascimento de Vênus e Primavera.

Tintoretto - (1518-1594) - importante pintor veneziano da fase final do Renascimento. Obras principais: Paraíso e Última Ceia.

Veronese - (1528-1588) - nascido em Verona, foi um importante pintor maneirista do Renascimento Italiano. Obras principais: A batalha de Lepanto e São Jerônimo no Deserto.

Ticiano - (1488-1576) - o mais importante pintor da Escola de Veneza do Renascimento Italiano. Sua grande obra foi O imperador Carlos V em Muhlberg de 1548.

Giogrio Vasari - (1511-1574) - além de pintor foi um importante biógrafo da vida de vários artistas renascentistas. Entre suas obras principais, podemos citar: Adoração dos magos e Perseu e Andrômeda.


 
Veja também: