Materialismo dialético. Filosofia de Karl Marx, movimento de tese, antítese e síntese

Perguntas e respostas sobre materialismo dialético. Quais são os principais pontos a serem considerados na filosofia de Karl Marx? O que Marx enxerga nesse movimento de tese, antítese e síntese?

» Página Inicial

O que é materialismo dialético?

O materialismo dialético é uma teoria criada por Karl Marx, que ele utiliza para trabalhar na maioria de suas obras. Esta teoria do materialismo dialético, para Karl Marx é algo fundamental para a explicação das coisas que fazem parte do contexto de sociedade. O materialismo dialético faz parte do método Marxista de análise da realidade, das formas de existência material da sociedade e do homem.

O que é o materialismo dialético para Karl Marx?

Para o Marxismo, as únicas coisas que podem afirmar as existências são as matérias e as suas interações. Ou seja, a matéria é a única substância, isso descarta qualquer metafísica ou realidade idealizada. Isso quer dizer que, as coisas são como elas são.

Quais são os principais pontos a serem considerados na filosofia de Karl Marx?

O primeiro ponto que devemos levar em consideração é que dentro da filosofia Marxista os fenômenos naturais possuem um movimento, uma processualidade.

Segundo ponto, o movimento contraditório do real é expresso pela noção de dialética. A transformação do ser, da realidade histórica na qual ele vive pode ser entendida a partir desse instrumental.

O que o materialismo dialético diz sobre tese e antítese?

Segundo o movimento dialético existe um processo em que tese e antítese estão em embate contraditório.

A tese seria a firmação, a antítese seria a negação da tese. Esses dois movimentos vão se digladiar até que, segunda determinada circunstância aparece a síntese desse processo ou a negação da negação.

O que Marx enxerga nesse movimento de tese, antítese e síntese?

Karl Marx enxerga nesse processo de tese, antítese e síntese a possibilidade de transformar radicalmente a história.

Qual o significado da matéria para a filosofia Marxista?

Para a filosofia Marxista o materialismo dialético, a matéria é fonte de consciência, ao contrário do que dizia Hegel, que também utilizou o entendimento dialético, segundo Marx não é a ideia e sim a matéria que forma e dá orientação as formas de pensamento do homem e da sociedade.

Qual a noção de totalidade do materialismo dialético?

Apesar da matéria dar forma e orientação, a ideia pode reagir a matéria que a determina. Em um determinado tempo histórico os indivíduos e classes sociais são orientados por perspectivas ideológicas, idéias dominantes, no entanto, o processo de luta de classes sociais e suas lutas por transformações podem subverter a ordem material que a determina formando assim horizontes possíveis de lutas. A noção de totalidade que está subjacente a tudo isso, a totalidade vai predominar sobre as partes, então dentro de um mesmo modo de produção existem forças econômicas que vão influenciar um determinado ser.


 
Veja também: