Independência do Brasil, dia do Fico e processo da independência

Perguntas e respostas sobre a Independência do Brasil, Dia do Fico, como se consolidou o processo de independência, a pós-independência de nosso território, entre outros.

» Página Inicial

O foi a Independência do Brasil?

O dia 07 de setembro de 1822 ficou marcado como o dia em que se comemora a Independência da nação brasileira.

Esse fator histórico é um dos mais importantes em relação ao nosso país, já que marca de vez o fim do domínio do império português e a nossa conquista por liberdade política.

Muitas foram as tentativas antes dessa data e muitos morreram em busca desse ‘prêmio’ para o país, como ocorreu com Tiradentes durante a Inconfidência Mineira.

O que foi o dia do Fico?

O dia do Fico foi em 09 de janeiro do mesmo ano, quando D. Pedro I recebeu uma carta que exigia o seu retorno para as terras portuguesas. A intenção da coroa portuguesa era recolonizar o nosso território. D. Pedro I relutou e não aceitou o pedido, proclamando a famosa frase, que dizia que ficaria, se era para o bem de todos bem como felicidade geral da nação.

Como se consolidou o processo de independência?

Depois do dia do Fico, muitas foram as medidas e condições que verdadeiramente assombravam a nação, que teria que lutar pela sua independência.

D. Pedro I foi o responsável por convocar a Assembleia Constituinte que, por sua vez, foi quem obrigou todas as tropas portuguesas a voltarem para seu reino. Durante a mesma fase também foi determinado que nenhuma das leis, estipuladas por Portugal, seriam cumpridas.

Quando viajando de Santos para São Paulo, D. Pedro recebeu uma verdadeira intimação da coroa portuguesa, que exigia o seu retorno e anulação da Assembleia.

D. Pedro, na sede do momento, não hesitou: subiu ao riacho do Ipiranga, levantou a sua espada e proclamou “Independência ou Morte!”. O fato ocorreu em 07 de setembro e marcou a independência e D. Pedro se tornou o imperador de nossa nação.

Como foi a pós-independência de nosso território?

As primeiras nações que reconheceram o Brasil como um território independente foram os Estados Unidos e o México. Portugal, por sua vez, exigiu uma taxa de dois milhões de libras esterlinas para reconhecer a independência do que agora nada mais é do que a sua ex-colônia.

Parque da Independência

Museu do Ipiranga

Para quem quer conhecer melhor essa história tão relevante para o nosso país, a melhor alternativa é uma visita ao Parque da Independência em São Paulo. O local é o mesmo onde foi dado o famoso grito "independência ou morte" e temos hoje lá várias coisas interessantes para se ver.

Quando estive lá o museu propriamente dito estava fechado para reformas, mas ainda assim deu para conhecer bem o lugar. Vale lembra que o parque é muito bonito, com belos jardins e a peça mais importante é o memorial onde está inclusive os restos mortais de D. Pedro.

No mesmo memorial há uma bela gravura do lado de fora retratando a épica cena onde ocorreu o grito da independência. Estima-se que o local receba em média 576 mil pessoas anuais.

O endereço do parque, que foi inaugurado em 1989, é Avenida Nazareth, s/n, no bairro do Ipiranga em São Paulo.

O local fica aberto até às 20:00 e o acesso é gratuito. Pelo menos era quando estive lá.

Quem quiser mais informações, pode obter pelo telefone: (11) 2273-7250


 
Veja também: