História do Brasil, colônia, império e república

Resumo da história do Brasil, desde as épocas de colônia portuguesa, passando pelo período imperial até a atual república federativa do Brasil. Veja os principais acontecimentos que marcaram nossa história.

» Página Inicial

O Brasil foi oficialmente descoberto em 1500, quando uma frota comandada pelo diplomata, nascido em Portugal, Pedro Álvares Cabral, a caminho da Índia, desembarcou em Porto Seguro, entre Salvador e Rio de Janeiro.

Há indícios de que outros portugueses tenham o precedido como por exemplo o Sr. Duarte Pacheco Pereira, que relata em seu livro De Situ Orbis, disse que esteve no Brasil em 1498, enviado pelo rei Manuel de Portugal.

Brasil Colônia 

Os primeiros colonizadores do Brasil foram encontrados por índios Tupinamba. O objetivo inicial de Lisboa era monopolizar o lucrativo comércio de pau-brasil, uma árvore que produzia uma madeira vermelha que era muito valorizada pela fabricação de tintura e através dela foi dado o nome à colônia.

Há evidências de que os índios e os portugueses inicialmente trabalharam juntos para colher árvores. Mais tarde, a necessidade de se dirigir mais para o interior para encontrar áreas florestais tornou o comércio de pau-brasil menos desejável.

O interesse em estabelecer plantações em terras limpas aumentou, assim como a necessidade de trabalhadores. Os portugueses tentaram escravizar os índios, mas, desacostumados a trabalhar longas horas nos campos e superados pelas doenças europeias, muitos nativos fugiram para o interior ou morreram.

igreja colonial

Os portugueses então voltaram para o tráfico de escravos africanos para a força de trabalho.

Embora a maioria dos colonizadores preferisse as áreas costeiras, alguns se aventuraram no sertão.

Entre eles estavam os missionários jesuítas, que eram homens determinados que marchavam para o interior em busca de almas indianas para serem salvas e os infames bandeirantes que eram homens muito difíceis e que mais tarde tiveram como função caçarem escravos índios e africanos que fugiam. 

Durante dois séculos após a descoberta de Cabral, os portugueses tiveram que lidar periodicamente com potências estrangeiras com projetos sobre os recursos do Brasil.

Embora Portugal e a Espanha tivessem o Tratado de Tordesilhas, que estabelecia limites para cada país em suas terras recém-descobertas, as diretrizes eram vagas, causando a disputa ocasional de território.

A Inglaterra, a França e a Holanda não reconheceram plenamente o tratado, que foi feito pelo decreto papal, e buscavam agressivamente novas terras em mares piratas.

O novo território conquistado enfrentou desafios internos e externos. A Coroa portuguesa não conseguiu estabelecer um governo central forte no subcontinente.

Durante grande parte do período colonial, contava com capitães, nobres e comerciantes de baixa classificação que receberam autoridade sobre capitanias que eram fatias de terras,que eram por vezes muito grandes.

Em 1763, a capital foi transferida para o Rio de Janeiro por muitas razões políticas e administrativas.

Brasil do império à República

Cidade de Parati

Assim que chegaram ao Rio de Janeiro, Dom João VI e sua comitiva, começou a transformar a cidade e tudo ao seu redor. Começaram-se os projetos de construção, e fundadas universidades, e implementação de um banco e feitos investimentos em artes.

Os portos foram abertos ao comércio com outras nações, em especial a Inglaterra, e a moral melhorou em todo o território. Depois da queda de Napoleão, Dom João VI voltou para Portugal, deixando seu filho, Pedro I, no governo.

Mas Pedro I teve suas próprias ideias e proclamou a independência do Brasil em 7 de setembro de 1822 estabelecendo o império brasileiro. Hoje um período de agitação interna e 9 anos depois o imperador afastou-se em favor de seu filho Pedro II, na época com 5 anos de idade.

Abolição da Escravidão e tempos modernos.

A filha de Pedro II, conhecida como princesa Isabel, aboliu a escravidão em 1888. Tempos depois a monarquia acabou no Brasil com a ajuda dos militares e foi fundado o governo republicano do Brasil em 15 de novembro de 1889.

O sistema de revezamento entre os presidentes no Brasil se chamava então política de café com leite. Depois veio o presidente eleito Juscelino Kubitschek, um homem visionário e responsável pela criação de Brasília inaugurada em 1960.

Palácio Brasília

Logo após veio Janio Quadros que renunciou após 7 meses no cargo. Depois veio o presidente Jango e que foi derrubado pelos militares em 31 de março de 1964, isso depois de querer impor reformas socialistas.

O Brasil teve muitos presidentes significativos que moldaram este país e o transformou no que é hoje. Há ainda muita história para se fazer neste país.


 
Veja também: