Quando surgiu o mosaico e as características dos Gregos e Romanos

Perguntas e respostas sobre o que é mosaico? Quais eram as características dos mosaicos gregos e romanos? Porque ele foi tão importante para o Islamismo?

» Página Inicial » Geografia


É uma técnica bastante antiga, na qual um desenho é formado através da união de peças coloridas, feitas de pedra, vidro ou metal. A palavra mosaico provavelmente tem origem na palavra grega “mousaikón”, que significa “obra das musas”.

Além das padras diversos materiais podem ser usados na sua construção. Hoje, os artistas exploram centenas de materiais, como papel colorido, plástico, pedras, metais, entre outros.

A arquitetura é uma das áreas do conhecimento que mais explora este recurso, seja nos pisos e revestimentos, fechadas e outros recursos arquitetônicos.

Quando surgiram?

O primeiro registro de um mosaico data do ano de 3.500 a.C., em Ur, cidade da Mesopotâmia. Esse mosaico consiste em duas peças de 55 cm feitas de lápis-lazúli e arenito avermelhado e é conhecido como o “Estandarte de Ur”. Também existem registros de que essa técnica era usada no Egito Antigo, sendo que os mosaicos mais bem feitos e elaborados ficavam nos sarcófagos e nas colunas e paredes de grandes templos.

Gregos

Mosaico grego

Mosaico grego

As principais características dos mosaicos na Grécia eram o uso de tons de branco e o preenchimento com mármore. As cores mais suaves e calmas traziam elegância aos mosaicos, que eram muito usados para decorar o chão e as paredes dos templos. Eles também gostavam de usar figuras de pássaros e pombas.

Romanos

Mosaico romano

Mosaico romano

Muito usados em murais fontes, pisos e painéis transportáveis, os mosaicos só chegaram em Roma no século I antes de Cristo. Pompeia se destacava nessa arte, que era apreciada tanto pelos ricos e poderosos quanto pela população comum. A arte bizantina, durante o período paleocristão, fase marcante das artes visuais no cristianismo, inicia uma nova era para os mosaicos.

Qual a importância para o Islamismo?

Cúpula do Templo em Jerusalém

Cúpula do Templo em Jerusalém

Na cultura islã, o mosaico foi muito importante na ornamentação de mesquitas e edifícios. Durante séculos, quase todo artesanato fabricado por esse povo usava técnicas de mosaico: quadros e até grandes templos eram cobertos com mosaicos em cores vivas. Eles também faziam uma variação de mosaico, feito de tesselas (peças pequenas ou cubos) de madeira, que eram usadas para decorar caixas, móveis e outros objetos.



 

Veja também



© 2018   |   Matérias Escolares: Conteúdos para ensino fundamental e médio   |   Política de Privacidade