Energia geotérmica vantagens e desvantagens

Saiba o que é a energia geotérmica, quais as suas principais vantagens e desvantagens e como é o processo de geração desse tipo de energia em uma usina que usa o calor da terra para produzir energia.

» Página Inicial

Entre as muitas fontes de geração de energia, a geotérmica é uma das encontradas em nosso mundo. Ela é obtida a partir do calor proveniente da terra, para ser mais preciso, de seu interior. Esse tipo de recurso funciona por conta da capacidade natural que a terra e até mesmo a água subterrânea possuem em reter o calor.

A energia geométrica pode ser uma fonte fundamental a produção de eletricidade, que pode ser utilizada para residências e indústrias, principalmente aquelas que trabalham com água aquecida.

Nosso planeta é revestido por uma crosta terrestre, que consiste em uma camada fina de rochas acima do manto, uma camada mais elevada de profundidade e composta por magma, de forma geral. Todo esse processo designa as rochas que podem estar em estado fluído ou pastoso, isso por conta das altas temperaturas que são submetidas, oriundas do interior do planeta.

Eventualmente, todo esse calor interno se manifesta em algumas áreas da superfície, um bom exemplo são as erupções vulcânicas. Até mesmo o surgimento de gêiseres é proveniente desse calor, através de fendas geológicas ou áreas de aquecimento interno, que fazem esses fenômenos naturais serem formados, que basicamente é vapor e água quente jorrando do solo.

Usina geotérmica

Com a energia geotérmica, seria possível aproveitar todo o calor interno da terra, que pode ser utilizado a produção de eletricidade.

O trabalho das usinas geotérmicas

São elas as responsáveis em converter o calor interno da terra e energia elétrica, que pode ser realizado de um jeito bastante simples. O processo é dividido em etapas, onde no início é captada essa água quente ou o vapor no interior da terra, utilizando tubos elaborados especificamente para essa atividade.

Esse vapor é direcionado para que seja liberado sob uma forte pressão, para que ele possa mover turbinas que girarão de forma mecânica. Por fim, essas turbinas tem a função de acionar um gerador, produzindo então a eletricidade. Como é uma energia renovável, ocorre de, algumas vezes, as usinas armazenarem esse vapor para reaproveita-lo quando estiver em estado líquido.

Para que a energia é utilizada?

Em alguns casos, não raros, a energia geotérmica é utilizada para aquecer água em áreas residências, dependendo da potência, isso pode abranger uma cidade inteira durante o período de inverno. Isso é possível pelo aproveitamento da água quente, usada para gerar energia.

Além disso, a energia é empregada para a utilização de aquecedores e alguns tipos de aparelhos térmicos, principalmente os usados em estufas, campos de pesca e até mesmo espaços de lazer. Tudo isso é possível pelo aquecimento interno da terra e a produção de calor, revertida em energia.

Em solo brasileiro existe a utilização da energia geotérmica, utilizada para essa última opção. Normalmente encontra-se essa produção em localidade onde é possível aproveitar esse aquecimento, na maioria dos casos em áreas de lazer. Em razão do clima tropical, o aquecimento residencial, que é uma das opções viáveis, não é necessário.

Em regiões distintas, há duas cidades que usam essa fonte térmica para o turismo, na região Sudeste a cidade de Poços de Caldas, em Minas Gerais, e em Goiás, o município de Caldas Novas, que fica no Centro-Oeste do país. Ambas são pontos turísticos bastante procurados por brasileiros e estrangeiros.

Vantagens do uso da energia geotérmica

Um dos pontos mais positivos desse tipo de energia é que ela não é poluente, além de ser renovável. As usinas não operam com a queima de combustíveis, eliminando a necessidade de importação de matéria-prima, o que a torna bastante econômica em relação aos gastos com sua produção. Para se ter noção, gasta-se muito menos com as centrais geotérmicas do que com as usinas de petróleo, que são bastante exploradas por aqui.

A produção também não agride o solo, mesmo havendo perfurações internas no processo de captação. Isso ocorre porque a energia geotérmica não ataca o relevo, assim como também não desgasta o solo. Entre outros pontos positivos em relação a preservação é que não existe a necessidade de inundar grandes espaços, como ocorre em outras formas de produção.

Embora no Brasil não tenha nenhum problema com clima, há uma preocupação em locais mais gélidos, mas a verdade é que a energia geotérmica não é vulnerável as alterações climáticas. Visto que esse processo natural não interfere no funcionamento das usinas, diferente do que acontece com a energia solar ou a eólica.


 
Veja também: