Quem faz supletivo pode fazer faculdade?

Por que alguns chegam a pensar se podem ou não fazer faculdade? Entenda neste artigo a explicação sobre a situação de uma pessoa que fez o EJA e agora pretende ingressar na faculdade.

» Página Inicial

Esta é uma dúvida que muita gente deve ter, afinal, muitos que fazem supletivo ou o EJA tem como objetivo lá na frente fazer sua inscrição em uma faculdade ou universidade para fazer um curso superior. Então vamos tentar esclarecer esta dúvida e tranquilizar aqueles que estão ou pretendem entrar no EJA e depois seguir uma carreira na universidade.

Quem faz supletivo pode fazer faculdade?

Sim. Quem faz supletivo pode fazer um curso superior sem problemas algum. Naturalmente que ele precisa concluir o EJA – Educação de Jovens e Adultos e obter o certificado de conclusão do ensino médio. Com este documento em mãos poderá se matricular em um processo seletivo ou realizar o ENEM e estando aprovado, poderá fazer a sua matrícula no curso superior e na instituição que escolheu e foi aprovado. Poderá fazer o curso de graduação normalmente e seguir seus estudos depois em pós-graduação e outras especializações disponíveis.

Por que alguns chegam a pensar se podem ou não fazer faculdade?

O motivo desta dúvida deve estar associada à ideia de que o EJA (o antigo supletivo) não é uma coisa muito séria, muito legal e por isso não teria valor perante uma universidade, mas esta ideia está totalmente equivocada pelas razões abaixo descritas:

Como concluir meus estudos pela modalidade EJA?

Há várias formas de você fazer isso, você poderá procurar uma escola estadual em sua cidade (veja aqui algumas opções) que ofereça o supletivo noturno, frequentar as aulas e realizar ali mesmo as provas de certificação, poderá inscrever em uma prova da secretaria estadual de educação, estudar por conta própria e apenas realizar a prova ou ainda poderá prestar o ENEM e na sua inscrição indicar que deseja utilizar o ENEM como certificação do ensino médio (esta opção não está mais disponível. Como alternativa existe as provas do Encceja).

Perguntas e respostas

Como se inscrever no EJA?

Para se inscrever em um curso de supletivo de ensino fundamental ou ensino médio, a pessoa deverá dirigir se a uma escola estadual sua cidade que oferece a modalidade de ensino EJA - Educação de Jovens e Adultos que é antiga modalidade chamada de supletivo. Nem todas as escolas públicas oferece a modalidade EJA, por isso o recomendável que você consultar a escola mais próxima de sua casa que eles informarão quais as unidades em sua cidade atendente por esta modalidade.

Onde funcionam as aulas?

Como explicado acima apenas as escolas que oferecem a modalidade de educação de jovens e adultos, normalmente os cursos são feitos à noite e tem obrigatoriedade de presença como nos demais cursos, modificando apenas o fato do curso ser feito em um prazo menor. O ensino médio, por exemplo, geralmente feito em um ano e meio pelo supletivo.

Mas como faço as provas?

Atualmente existe o Encceja que o programa do Ministério da Educação para a efetuação das provas visando a certificação. Então funciona assim: Como explicado acima, você pode procurar uma escola estadual na sua cidade para fazer o curso de preparação para as provas e quando for efetuado as provas do Encceja, você pode fazer a prova e obter a certificação.

Veja aqui o site do Encceja.

Posso estudar por conta própria?

Sim, pode. No próprio site do Encceja, mostrado acima existe os materiais de estudo e por eles você pode estudar por conta própria e assim se preparar para a realização do exame.

A vantagem de você estudar por conta própria que você pode fazer o seu próprio horário de estudo e o ritmo que você quer entregar. Isso é bastante indicado para pessoas que trabalham ou que tem compromissos familiares e outros e não dispõe de um tempo livre para ir uma escola em um horário regular.

É muito importante considerar que o que vale para certificação é o resultado da prova que você faz, assim se você estudou em um curso regular ou se você estudou por conta própria, não fará diferença alguma, exceto se você tiver dificuldade de aprendizado e precisar de um professor para auxiliá-lo no seus estudos.

Qual a diferença entre EJA e supletivo?

O EJA - Educação de Jovens e Adultos é a antiga modalidade supletivo. A nova nomenclatura é um pouco mais abrangente e condiz melhor com este modelo de educação, por isso o termo foi substituído, embora ainda possa ser usado de forma concomitante em algumas situações.

Na prática não a diferença alguma, o que acontece é que o termo supletivo era usado antigamente e abrangia a educação para pessoas já na idade adulta, tanto para o 1º grau como para o 2º grau. Atualmente esse tipo de educação recebeu uma nova terminologia que passou a ser chamado de EJA - Educação de Jovens e Adultos. Em termos práticos é a mesma coisa, pois tanto antigamente quando se chamava supletivo, assim como hoje que é chamado de EJA, esta modalidade de educação é destinada para formação de certificação de pessoas que não concluíram seus estudos na idade ideal e desejam fazer agora depois de jovens ou já na idade adulta.

É importante considerar que a idade mínima para uma pessoa fazer o EJA é de 15 anos para o ensino fundamental e 18 anos para o ensino médio. Os alunos que estiverem abaixo desta faixa de idade deverão matricular se na escola regular e não na modalidade EJA.


 
Veja também: