Faculdade de Engenharia de Materiais. Atribuições e áreas de estudo

Conheça mais sobre o curso superior de Engenharia de Materiais. Veja um vídeo explicativo sobre esta engenharia, as atribuições do profissional e áreas de estudo. [25|ENGENHARIA (GRUPO V) - ENGENHARIA DE MATERIAIS]

» Página Inicial

Conheça agora mais um curso superior voltado para o setor industrial: Engenharia de Materiais. O principal aprendizado que o aluno recebe durante os períodos desse curso é sobre como avaliar e selecionar qual é o melhor material para ser empregado em um determinado setor da indústria.

Longe de ser algo simples, o curso de Engenharia de Materiais capacita os futuros profissionais para encontrar novas alternativas de materiais e também para propor novos usos, mais funcionais, para materiais que já são comuns no setor industrial.

Veja abaixo um vídeo explicativo sobre a Engenharia de Materiais e as atribuições que o engenheiro poderá ter no mercado de trabalho.

Quem trabalha com isso deve saber analisar todas as propriedades de um material, avaliando para que ele deve ser utilizado e como deve ser processado. Por todas essas razões, a Engenharia de Materiais é considerada como uma área do conhecimento bastante científica.

O que estuda?

Como toda engenharia, quem escolhe cursar Engenharia de Materiais deverá estudar química geral, física, geometria analítica, cálculo, álgebra linear, mecânica, termodinâmica, resistência dos materiais e muitas outras matérias que são comuns ao universo da engenharia.

As disciplinas mais específicas da área de Engenharia de Materiais incluem estrutura e propriedade de polímeros; estrutura e propriedade de cerâmicas, estrutura e propriedade de metais, processamento de termoplásticos, processamento de termorrígidos e borrachas, seleção de materiais, corrosão e degradação de materiais, entre outras.

Mercado de trabalho

Para atuar nessa área, além de ter afinidade com a engenharia, é preciso que o profissional tenha o espírito científico, de querer fazer novas descobertas e também uma boa predisposição a assumir grandes responsabilidades.

O engenheiro de materiais pode trabalhar desenvolvendo novos materiais, elaborando projetos, analisando profundamente a estrutura e as propriedades dos mais diversos materiais, decidindo o melhor material a ser usado em cada situação (com base nas características, valor e possíveis impactos ambientais).

Além disso, o profissional pode voltar a sua carreira para um tipo específico de material. Pode se dedicar ao estudo profundo das cerâmicas ou polímeros, por exemplo.

Regulamentação

O exercício legal da profissão de engenheiro de materiais só é permitido para pessoas com curso superior completo e cadastro no CREA. A lei que regulamenta, determinando direitos e obrigações é a Lei 5.194. Onde estudar?

Veja abaixo algumas instituições onde o curso de Engenharia de Materiais pode ser encontrado:


 
Veja também: